O FS PRO BRASIL SEVER além de ser um blog é também um servidor para você poder voar no seu FS2002, FS9 e FSX. Um servidor com moderador onde você não terá problemas em voar.
Para você voar conosco online no FS PRO BRASIL SERVER
Certifique-se que suas portas 23456, 6073, 2302-2400 e caso use Fsnavigator 23432 estajam abertas e todoas UDP/TCP
Use o IP: fs9.no-ip.org
**TS3 IP fs9.no-ip.org
**RAIDCALL:Atcfsprobrasilserver ID: 3028237

Brasil Server (Não Tem mais ATC) tem Moderador

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Avião presidencial conhecido como 'sucatinha' faz último voo

Aeronave vai se aposentar nesta segunda; foram mais de 34 anos na ativa.
Avião decolará rumo ao Rio de Janeiro, onde ficará exposto em museu.


O avião presidencial batizado como “sucatinha” vai se aposentar nesta segunda-feira (7). Foram 34 anos na ativa, com mais de 27 mil horas de voo e mais de 27,5 mil pousos pelo mundo inteiro. O último voo do Boeing 737-200 está marcado para acontecer às 9h desta segunda. O avião decolará em Brasília rumo ao Rio de Janeiro, onde ficará exposto no Museu Aeroespacial da Força Aérea Brasileira.

Na antiga aeronave utilizada pela Presidência, foram transportados os ex-presidentes Ernesto Geisel, João Figueiredo, José Sarney, Fernando Collor, Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.
“Só foram momentos em que nós engrandecemos, criamos  uma doutrina forte e resistente. A gente cresceu muito operacionalmente e profissionalmente”, afirmou o piloto do avião, José Antônio Botturi Júnior.
O sargento reserva Sabino Galdino Neto esteve nas viagens do “sucatinha” por 17 anos como comissário. Ele conta que serviu presidentes, autoridades e até o Papa em viagens para 52 países.

“Eu conheci este avião com 18 anos e hoje eu ter essa marca de mais de cinco mil horas de voo, isso pra mim é muito gratificante”, diz Neto. O sargento ainda explica como conseguiu salvar os compromissos do então presidente Fernando Henrique Cardoso em uma viagem à Londrina.

“Houve uma pequena turbulência e caiu copo de refrigerante na calça dele. O líquido marcou a calça dele e eu troquei de calça com ele”, afirmou Neto.

O piloto Ênio Beal Júnior disse que é uma grande felicidade poder viver o momento da aposentadoria da antiga aeronave presidencial.

“Podemos dar o merecido descanso pra esse guerreiro que tão bem serviu a nossa nação. Particularmente uma grande felicidade de poder estar vivendo mais uma vez a história neste que foi o avião que mais vezes conduziu aqueles que conduzem os destinos do nosso país”, explicou.